Mercabá

Ícone

Obras da Patrística

Comentário ao Salmo 116

Como poderá a minha harpa, Senhor,
deixar de te louvar? Como poderia
ensinar a infidelidade à minha língua?
O teu amor deu confiança à minha confusão
mas a minha vontade ainda é ingrata .

É justo que o homem reconheça
a tua divindade, é justo
que os seres celestiais louvem
a tua humanidade;
os seres celestiais surpreenderam-se
ao verem como te aniquilaste
a ti mesmo, e os seres terrestres
admiraram-se ao verem
como te exaltaste a ti próprio


(A Harpa do Espírito, Roma 1999, pp. 26-28).

Arquivado em:Comentários ao Evangelho

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blogroll- Brasil

Blogroll- Portugal

Blogroll- USA

Hinos

Música Sacra - Natal

Música Sacra - Páscoa

Música Sacra - Quaresma

Música Sacra- Advento

Site Meter

  • Site Meter

Sites

Wordpress

%d blogueiros gostam disto: